Desmistificando a palavra devoluto

Caracterizar os imóveis como devolutos não significa, necessariamente, identificar uma ruína. Um imóvel devoluto é aquele que é “adquirido por devolução; desocupado; vago; não cultivado”. Ou seja, estes imóveis poderão estar em perfeitas condições de utilização e, ainda assim, serem denominados como devolutos.

O facto de estarem devolutos tem, em regra, a condição de não se encontrarem ligados às redes eléctrica e telefónica. A desocupação inerente torna-os alvos preferenciais e vulneráveis para intrusões, furtos, ocupações indevidas ou vandalismo. A condição de devoluto é assim, em regra, um catalisador para a perda de valor económico de um activo desta natureza.

A missão da SCUTU é assegurar que estas acções não penalizam o valor comercial dos imóveis  até à sua reabilitação, alienação, etc. O nosso serviço está perfeitamente talhado para a enorme variedade de imóveis, adaptando a cada imóvel o binómio tecnologia/recursos humanos especializados adequado.

Mais que segurança, a SCUTU integra uma panóplia de serviços conexos de modo a mitigar a maioria dos factores de risco. Somos a visão do cliente junto dos seus activos: a SCUTU desenvolve um verdadeiro serviço de Acompanhamento Contínuo de Imóveis.

Menu